quinta-feira, 4 de junho de 2015
Oi, eu sou a Dani e eu tenho dificuldade de deixar as pessoas irem embora da minha vida. Não que eu não deixe não, viu, mas eu acredito em um mundo onde as pessoas ainda sejam dignas da minha atenção - atenção, leram bem? quanto a confiança já são outros quinhentos.



Eu acho realmente difícil deixar ir qualquer pessoa que tenha ao menos um quê de especial. E, infelizmente, em casos isolados, eu acabo pensando "e como essa pessoa agiria se fosse o contrário?", "e se fosse eu a sumir e a pessoa não tivesse mais notícias minhas?" ou até mesmo "e se aquela atitude que eu deixei de tomar impactasse no sentimento que a pessoa tem em relação a mim?".

Tenho vontades, quero coisas e admiro muito a capacidade que as pessoas têm de tomar atitudes. Atitude é, sempre, a palavra chave. ;)

Só que, né... Tem uma hora que a gente cansa. Não por não querer fazer dar certo, não por não ter vontade e muito menos por não querer; mas, sim, por ter amor e orgulho próprio - E isso aí, meu povo, não se compra no bar da esquina acompanhado de cerveja e petiscos.

2 comentários:

  1. Oi Dani,
    Super concordo com você. Costumo me apegar com as pessoas e normalmente me doo mais do que recebo em troca seja em amizades e amor tb. Se as pessoas se colocassem no lugar do próximo, talvez não sofreria tanto em me desapegar.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ordem natural das coisas: se apegar > se foder. Desde que o mundo é mundo!

      Excluir

Fala que eu te escuto!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por e-mail

Social

Categorias