quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

O texto abaixo contém Spoilers da 1ª semana de minissérie.
Não gosta? Alt + F4.


Na última semana começava na Globo a minissérie Felizes para sempre?, que deu - e está dando - o que falar por aí. #FPS é ousada, trata de corrupção e prostituição, com um paralelo a relacionamentos conturbados, seja de irmãos, de pais e filhos de trabalho, ou amoroso mesmo. Tudo muito bem feito, bem ousado (eu sei que já disse, mas achei mesmo!)... E, né, a série se passa na minha queridinha Brasília. -- Cada passeio de carro da Dany Bond de Paola Oliveira eu lembro dos meus passeios por lá... :)

*Que saudade!*


Achei super interessante, de verdade. São cenas fortes, temas fortes, traição, morte, prostituição, homossexualismo... Essas coisas que quase ninguém comenta por aí, sabe (#sqn). A atuação dos atores não deve em nada às séries americanas. Aliás, eu ouso dizer que muitos dos nossos atores daqui dão banho de interpretação em qualquer ator americano por aí, e, infelizmente, eles só carregam pra trabalhar lá os bonitinhos e/ou polêmicos. Uma coisa bacana é mencionar que cada um dos episódios termina com alguma reflexão, tipo "até que ponto somos felizes?" mesmo... Legal, porque faz a gente esperar ansiosamente pelo que vai acontecer no próximo episódio.

(...)

Sabe a impressão que eu tenho? Que são casos que poderiam acontecer na vida "real", de gente como você e eu. Claro que eu não tenho o dinheiro do mala do marido da personagem da Maria Fernanda Cândido (Claudio, divinamente interpretado pelo Enrique Dias), e você também não (pelo menos espero que não!) faz obras e mais obras públicas e coloca em nome de outra pessoa, como acontece na minissérie. Mas eu sei que, de uma forma ou de outra, todo mundo se identifica com as histórias dos personagens, cujo tema central é uma família - que, claro, desencadeia toda a trama, relacionada a cada um dos 5 casais, direta ou indiretamente.

Outro comentário importante: as atuações magistrais de Paolla Oliveira (Aquela "bandida! é linda e tem corpão, o Brasil todo viu e todas as mulheres estão babando e ponto. Isso aí já é notícia velha!), Adriana Esteves (Maravilhosa a cena em que o marido descobre que o filho não é dele, e ela diz, toda cínica, que o amigo gay é o pai da criança, enquanto passava paralelamente a cena dela contando a mais um amante o quão corno o marido era! Direção de parabéns!) e Maria Fernanda Cândido, que eu sempre achei meio sem sal, e que me surpreendeu, de verdade. Elas estão merecendo não só Palmas, como o Tocantins inteiro! =D

Achei legal, também, o fato de o elenco não ser todo de "estrelas consagradas", e destaco principalmente a atuação do João Miguel, que faz o Hugo, que é um personagem tão querido, mas tão querido, que dá vontade de falar "Chega aqui, cara, toma um café... Vamos conversar? Por que você bebe tanto? Não tem necessidade disso pra ser feliz não, moço!". Aplausos de pé pra interpretação dele, seja quando descobre ser estéril, traído ou quando faz o doido bebendo que nem não-sei-o-quê! Não conhecia ele, e já quero caçar outras coisas que ele tenha feito pra assistir, de tanto que gostei.

Enfim... Não vou contar mais. Assistam, simplesmente. Já deve ter no YouTube, porque o povo não perde tempo, mas no site da Globo, o GShow, você encontra os episódios completos. ;)




#FPS é exibida na Globo de segundas às sextas, às 23h!


8 comentários:

  1. Não vi a minissérie ainda, gostei muito do seu ponto de vista e concordo com vc em relação a qualidade das nossas séries e minisséries, e sim temos atores maravilhosos, com atuações brilhantes, veja o exemplo da novela O Rei do Gado que está sendo reprisada, olha o calibre dos atores, com o saudoso Raul Cortez que amo, o problema é o preconceito das pessoas, lógico tem coisa boa, tem coisa ruim, mas temos qualidade em vários seguimentos, Paola Oliveira é linda mesmo e gosto do jeitinho meigo dela independente do papel ela sempre tem um olhar e sorriso doce :)

    ResponderExcluir
  2. Também tô assistindo e amando! Acho que a globo devia investir em séries e não minisséries, porque se usassem um enredo bem feito e um elenco bom como esse, ia dar super certo!

    www.wanilagoularte.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho, Wanila... A Globo é muito mais que só novelas e programas matutinos.

      Excluir
  3. Olá, Dani!
    Estou de volta!
    Não vi essa minissérie Teve muita repercussão no Twitter e povo falava mais da bunda da Paola do que da interpretação dela. O tema é super atual e acho que tem tudo haver com a nossa vida real. Traição, prostituição, homossexualidade sempre existem em qualquer época.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, Lulu.... Sem dúvida! ;)

      Excluir
  4. Não consegui acompanhar, mas um prof meu disse que é um remake de uma série dos anos 70, daí fiquei com vontade de ver as duas hahahaha. Ele disse que houve poucas mudanças no roteiro, apenas atualizações, mas que a trama é a mesma, e fiquei curiosa a respeito disso...
    Enfim, acho que vou procurar pelo youtube =3

    Um beijoo!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Sou do Lemão Doce e indiquei-te para a TAG "I Love My Blogger". Se decidires responder à tag, por favor avisa-me para poder ver as tuas respostas. :D

    TAG: http://lemaodoce.blogspot.pt/2015/03/tag-i-love-my-blog.html

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por e-mail

Social

Categorias