sábado, 24 de janeiro de 2015
Inspirada nesse post da Faah Bastos, levo vocês à mesma reflexão: Vimos aprendendo o suficiente com a vida nos últimos anos? Atingimos o ápice da maturidade, ou ainda somos crianças inocentes e indefesas? Se eu posso contar 10 coisas que aprendi com o tempo, acho que vocês conseguem também. Let the games begin!

  • Eu não tenho que mudar quem eu sou só porque alguém dita que essa seja a maneira mais legal de viver a vida. Gosto de ser eu mesma, desse jeitinho mesmo.
  • Ser sincera demais pode fazer com que pessoas que você ama se magoem demais, mas te dá uma sensação de liberdade tão grande, de poder dizer o que quiser, que a parte ruim passa batida.
  • Não importa o quão animada eu pareça, as pessoas vão sempre que eu tenho de ser assim pra todo sempre, amém. E não é bem assim que a coisa funciona.
  • Às vezes, sumir um pouquinho do mapa pode fazer com que você seja interpretado de uma maneira errônea, quando só o que você queria era um tempinho só pra si.
  • Não há coisa mais gostosa do que passar um dia inteiro, só você e seus pensamentos, seu blog, suas séries, passar horas longe do whatsapp, do mundo, da vida (agora, por exemplo, me encontro desde as 9 da manhã, hora que acordei, longe do celular, do iPhone e do mundo, só aproveitando o momento de inspiração)... Faz um bem tão grande!
  • Se eu não tenho que me meter na vida dos outros, por que raios têm que se meter na minha? Se eu ando quieta demais, se eu falo demais, se eu bebo demais, se eu tô gorda demais, se eu fico com caras demais ou de menos... Ninguém tem nada com isso. Tá na hora de olhar pro próprio umbigo e se dar conta de que a grama do vizinho é, sim, mais verde que a nossa, mas a nossa pode ser rosa, branca, roxa... Cores tão mais leves, vivas e alegres, que né... Just stop it, bitch! ;)
  • É possível perder amizades muito importantes pra você por conta de divergências, sejam religiosas, gastronômicas, literárias... Não por serem assuntos que não se deve discutir, mas sim porque a probabilidade de o assunto ser o estopim pra uma verdadeira troca de ofensas é bem grande.
  • Se arrepender é importante, e digno. De vez em quando é bom colocar a mão na consciência e admitir que fez merda. Infelizmente eu aprendi essa aqui de uma maneira nada agradável aos meus olhos, e o resultado também não foi tão bom assim. Infelizmente, de verdade.
  • Se sentir feia e gorda é natural, mas se te incomoda tanto e você não faz nada por você mesma, ninguém vai fazer.
  • Não há nada melhor do que passar o tempo com pessoas que te amam. E eu sempre desejo isso às pessoas, porque de falsidade e crueldade o inferno tá cheio!
E vocês, hein? Espero que tenham gostado! ;)

2 comentários:

  1. kraiii! COmo eu não tinha visto esse blog anteeesssss *-*
    Adorei sobre as lições que você aprendeu, especialmente a primeira e a segunda. Serião, pode parecer uma coisa muito batida e talz, mas a gente passa por poucas e boas antes de internalizar isso, como se a lição precisasse entrar na carne mesmo. Falo porque antes achava que eu era muito inteligente e muito estudada, mas, nossa.... Tive que passar por coisas muito chatas pra entender isso... Agora, pago o preço que for pra deitar a cabeça no travesseiro e não me sentir uma fraude. E, sinceridade, bom, os amigos que conquistei na vida foi por causa dela xD. Eles sabem que eu sou osso nesse sentido, mas estão dispostos a aguentar, eis a questão (boa) hahaha.
    Adorei o blog, adorei o nome do blog, e, lógico, estou seguindo.
    (Boa add no blogroll, quando eu terminá-lo)
    Bjo, sá linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina do céu! Me mata assim não,... Que comentário fofo! Amei! Por comentários como esse teu que vale a pena eu voltar a blogar e a continuar aqui. Pq, sabe como é, com o tempo, a gente vai levando a vida adulta mais a sério e esquece que blog tb faz parte da vida adulta, e que pode ser uma senhora válvula de escape dessa vida louca vida da gente.
      Adorei, de verdade. Muito obrigada pelo carinho!
      Vou te linkar aqui tb, pra te ler sempre..

      Beijos e seja super bem-vinda! :)

      Excluir

Fala que eu te escuto!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por e-mail

Social

Categorias