sábado, 27 de julho de 2013
[Clicando no Random do meu cérebro...]

acabo de assistir um ep da quinta temporada de Castle que me deixou boquiaberta. a filha dele, Alexis, e uma amiga são sequestradas, e ele, sem a Beckett, vai pra Paris atrás da filha.
não tenho filhos, nem pretendo tão cedo... mas, nossa, é um amor tão gigante que nossos pais têm por nós que é completamente inconcebível pensar que uma coisa assim poderia acontecer a um ente querido meu e eu não saberia o que fazer. já passei por muito nessa vida, mas essa determinação me falta. e eu acho que eu deveria ser mais assim, mais determinada.

**

essa coisa de eu ficar assistindo episódios e mais episódios de séries todo fds e não sair de casa... será normal? estou ficando na casa da minha mãe por 1 mês mais ou menos, primeiro foram as minhas férias, depois a minha pneumonia, e agora eu simplesmente não consigo voltar pra minha casa... estou me sentindo insegura de voltar à minha vida normal, de mulher independente que mora sozinha.

medo. é... acho que estou com medo.
passei por uma pneumonia, uma doença que pode matar, e, por mais que eu já esteja melhorando, ainda não me sinto segura. e, mesmo que com um mundo a explorar lá fora, me sinto mais segura devorando todas as temporadas de Castle. 2 semanas, 5 temporadas. claro que o tempo em que estive doente em casa ajudou (e muito) a diminuir a quantidade de episódios...rs

então... o caso é que minha mãe se preocupa comigo, e ver todo esse amor do Castle com a filha me fez pensar e entender o lado dela, mas que na hora eu achei absurdo. hoje de manhã ela insinuou que estava preocupada comigo. respondi na hora que não tinha depressão, que tem dias que você não sente fome, não está a fim de socializar, quer ficar na sua. ela sabe disso, mas ainda assim, senti aquele olhar preocupado dela.

normal, eu acho. tenho 26 anos, sou independente, trabalho, moro com amigas e bem distante dela já há 1 ano, faço terapia, faculdade... e sou solteira e não namoro há anos. acho que ela pensa que isso de eu ser viciada em séries anula a minha vida... não é isso.

é simples: fui apaixonada por um cara que me trocou por outra recentemente pela segunda vez. não estou depressiva. estou apenas tentando recuperar a mim mesma, me curar da pneumonia e do psicológico. e consegui! não tenho procurado ele, não tenho dito nada, não tenho nem fuçado a vida dele na internet (eu sei que tem um termo pra isso online, mas esqueci...rs)!

aparentemente, 'encontrei Jesus' encontrei Jesus encontrei Jesus... na casa do Senhoooor... hahaha 

mas me preocupa que minha mãe pense isso de mim. me preocupa que ela queira "me resgatar", e que esse amor que ela sente por mim a desgaste.

não quero ser um peso pra ninguém. quero só me recuperar desse período de luto pra poder respirar aliviada.

posso, ou será muito estranho tudo isso?
será mesmo que eu tô ficando depressiva?

medo. mais medo.


0 pitacos:

Postar um comentário

Fala que eu te escuto!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por e-mail

Social

Categorias